Vem CaNada Comigo


 

Balanço: 45 dias no Brasil, muito mas muito choro no retorno, a imagem do Rio gravada na memória, a certeza de um regresso em breve, 2 semanas de férias aqui mesmo no Canadá (com direito a cabana no alto de uma colina, onde alce e ursos fizeram parte da paradisíaca visão que eu tive junto à Georgian Bay neste final de semana passado).

Energias carregadas, e por incrível que parece, sinto como se o ano começasse agora, com muita sorte, muitas alegrias, excelentes projetos JÁ concretizados. Mas me calo por aqui para evitar a energia negativa que faz parte da essência da vida, da dualidade de tudo (inveja X admiração, bem X mal, negativo X positivo, noite X dia, masculino X feminino...), mas quero agradecer todo o carinho e torcida de todos vcs que se sabem meus amigos e entendem minhas escolhas.

Junto a esse turbilhão de acontecimentos me dei conta do quão limitado é meu talento para a escrita, do quão pouco gosto de falar de mim mesma...E assim, devagar, descobri que,  apesar de me emocionar com vários blogs, de ter descobertos vários “heróis”, de acompanhar a vida de muita gente e ter conquistado muitos amigos...olho no olho e um forte aperto de mão valem mais que mil palavras...É meu jeito, simplesmente meu jeito.

Não é com tristeza nem com alegria que me despeço da blogosfera, mas com um jeitinho de “a gente se vê” e um sorriso de MUITO OBRIGADO!

 



Escrito por Deise às 3:09 PM [   ] [ envie esta mensagem ]





Aceitacao eh assunto complicado. Nao falando apenas de aceitacao de si mesmos, mas de situacoes, de fatos, de passados....de coisas que nao se pode mudar...

Aceitar uma nova amizade, aceitar que uma amizade acabou...qual o momento certo do “ponto final”?...Quando dizer chega a tentativa de compreender? Quando parar de se decepcionar com pessoas, ou pelo menos estar preparado para as decepcoes?

Quando se perdem diamentes, eles fazem falta no brilho do colar...Sinto falta de alguns...

I just have to let it go…

Mas aceito com muito gosto quem for me ver em Porto Alegre ou Cachoeira!!

 

Alo galera

atencao rapaziada

vamos dar um tempo

chega de piada

O Vem Canada Comigo vai entrar de ferias!!!!

 

Volto com o verao do norte, trazendo a brisa do sul, com a mala mais vazia, mas a bagagem cheia de novos sorrisos e muitas alegrias, com a alma lavada e a pele torrada.

 

Fui!!



Escrito por Deise às 11:26 AM [   ] [ envie esta mensagem ]





Border Clearance in the Blink of an Eye!!

Nao eh mais necessario Canadenses e Imigrantes Canadenses enfrentarem filas no Canadian customs and immigration quando chegarem de viagem. Basta passar no scanneador de iris que o programa CANPASS Air do governo canadense implementou para a identificacao imediata de passageiros low-risk e pre-screened. Sao Cad 50.00 o custo da aplicacao para se tornar membro, valido por 1 ano!

O futuro eh agora.

 



Escrito por Deise às 1:48 PM [   ] [ envie esta mensagem ]





Cancao da  meia noite
Ze Flavio

Quando a meia noite me encontrar junto a voce
algo diferente vou sentir, vou precisar me esconder
na sombra da lua cheia esse medo de ser
um vampiro, um lobisomem, um saci-perere

dona senhora, a meia-noite eu canto essa cancao anormal
dona senhora esta lua cheia, meu corpo treme o que sera de mim
e faco forca pra resistir a toda essa tentacao
na sombra da lua cheia esse medo de ser
um vampiro, um lobisomem, um saci-perere

 



Escrito por Deise às 1:06 PM [   ] [ envie esta mensagem ]





 

Hoje eh dia de feijoada na casa da Ana, vou la afogar as magoas numa orelha de porco, irhh...

Vou pela segunda vez a Brampton city, estou com instrucoes detalhadas e um mapa na mao. No caso de me perder jah tenho telefones de resgate (do Joao e da Ana, logico).

Aproveitando o aniversario do maridao, Ana Paula esta promovendo o Segundo encontro oficial dos blogueiros de Toronto, do Canada melhor dizendo, porque contaremos com a presenca ilustrissima de Ninne e Daryl.

See ya!

 

 



Escrito por Deise às 9:12 AM [   ] [ envie esta mensagem ]





TTC ainda esta na lenga-lenga do entra em greve ou nao. Por via das duvidas jah fiz o teste, levo 30 minutos a pe ate aqui a agencia. Ponto para minha saude...



Escrito por Deise às 10:43 AM [   ] [ envie esta mensagem ]





Dirigi pela primeira vez aos 11 anos de idade, ao lado de meu pai, numa praia semi-deserta do Rio Grande do Sul (entre Mariluz e nada), foi apenas um teste, uma prova que eu precisava dar de que eu era auto-didata no volante, e realmente aprendi a dirigir observando…Me sai bem, me senti o maximo. E voltei a dirigir na idade apropriada, apropriada pelo menos para uma cidade do interiorrrrrrr do RS.

E eis que hoje, 17 anos mais tarde, me pego tendo pesadelos numa noite mal dormida, tonturas na academia, perda inacreditavel do apetite, tudo isso por um mero teste de direcao aqui em Toronto. Apos 3 anos adiando tal teste, fui, com dor de barriga e tremedeira, mas fui e finalmente me vi livre para sempre de tal pesadelo. Sou a mais nova portadora da G License aqui da paroquia....



Escrito por Deise às 3:17 PM [   ] [ envie esta mensagem ]





Eu nao tenho problemas com o “voar” do tempo. Aprecio cada idade, como aprecio com deleite cada estacao do ano. Nao costumo dizer “no meu tempo”, porque meu tempo eh sempre agora, e nao num passado nevoado pela idade da memoria, numa juventude de polaina, saia “balone” ou coturno “comander”...

Mas o tempo muda muitas coisas, e tenho aceitado as mudancas como um bom vinho de adega, que embora empoeirado, aprimora o sabor e a essencia para melhor agradar os sentidos dos outros, porque o ser humano, como um vinho envelhecido, se nao saboreado perde todo o sentido de ser.

A idade tira medos, mas traz outros piores, mais intensos, mais reais. Tenho saudades dos medos bobos da infancia, do pavor de lobisomen, dos barulhos de “fantasmas” pela casa, das muitas lendas de assombracao pelos pampas afora. Hoje temo pela familia, pela saude de todos, em nao saber educar um filho...que ainda nem tive.

E na divisao desses estagios...os desafios da adolescencia, o eterno provar de que jah somos maduros, destemidos, valentes. E eh nessa exata fase do “meu tempo” que vem todos os grandes acontecimentos, as grandes descobertas, as loucuras de tudo querer ver e provar. E foi nessa fase que pulei de bungee jump, que trai e fui traida, que tomei meu primeiro porre (seguido de muitos outros), que li os melhores livros e vi os melhores filmes. Foi nessa fase que me veio tudo intenso, e disso sim sinto falta. A intensidade da descoberta do sempre “primeiro” momento.



Escrito por Deise às 3:44 PM [   ] [ envie esta mensagem ]





O Blog Encontro foi muito legal. Conheci pessoas maravilhosas e certamente fiz bons amigos. O lugar escolhido foi o Rio 40, um restaurante brasileiro bem bacana aqui em Toronto.  

 

Estavam presentes nosso organizador oficial Gean e a esposa Vanusa, Marcelo, Aninha e Joao, Ninne e Darryl (que viajaram 4 horas de Windsor a Toronto so para prestigiar o encontro), Lucia e Sergio, Ana Celia e Alessandro (com o pimpolho fofissimo Henrique), Laila e Eduardo (recem chegados no Canada), Mel e Ken, e Ane (minha amiga que voltou no dia seguinte para Porto Alegre).

 

Minha opcao de viver no Canada veio com um fardo grande: viver longe de familia e longe de meus amigos de infancia. E cada chance que Deus me da de conhecer pessoas carinhosas e mais ou menos no mesmo barco eu agarro com forca e procuro nao soltar. E assim certamente sera com grande parte desse grupo!

 

Jah agradeci muito ao Gean pela oportunidade de conhecer a galera, queria dizer a todos que vou guardar cada um no meu coracao!

 

Ate a proxima...



Escrito por Deise às 9:33 AM [   ] [ envie esta mensagem ]





Quinta-feira sai, fomos no The Pour House, um pub irlandes muito legal na Dupont com St. George. Pegamos uma hora de fila mas depois que entramos estava divertido, com muita gente muito bebada e muito gritona, me senti em casa, uma animacao total, so faltou batucada nas mesas.

 

Hoje a noite tem Blog Encontro aqui em Toronto, 20 pessoas confirmadas, acho que vai estar muito bom, vou tirar uma sonequinha antes de ir, 3 dias “in a row” de festas nao eh facil, nem para experts como eu.

 

Fui...

 



Escrito por Deise às 12:07 PM [   ] [ envie esta mensagem ]





 

Hoje eh St Patrick’s Day. E sabe o que a Irlanda tem de melhor?...Eu sei.

 

U2....I Still Haven’t Found What I’m Looking For.

I have climbed highest mountain
I have run through the fields
Only to be with you
Only to be with you

I have run
I have crawled
I have scaled these city walls
These city walls
Only to be with you

But I still haven't found what I'm looking for
But I still haven't found what I'm looking for

I have kissed honey lips
Felt the healing in her fingertips
It burned like fire
This burning desire

I have spoke with the tongue of angels
I have held the hand of a devil
It was warm in the night
I was cold as a stone

But I still haven't found what I'm looking for
But I still haven't found what I'm looking for

I believe in the kingdom come
Then all the colors will bleed into one
Bleed into one
Well yes I'm still running

You broke the bonds and you
Loosed the chains
Carried the cross
Of my shame
Of my shame
You know I believed it

But I still haven't found what I'm looking for
But I still haven't found what I'm looking for
But I still haven't found what I'm looking for
But I still haven't found what I'm looking for...

 



Escrito por Deise às 9:14 AM [   ] [ envie esta mensagem ]





Todas as manhas eh uma alegria soh aqui na agencia, todo mundo “quase” sempre de bom humor e brincando uns com os outros…

Mas gracas a Jetsgo, nossa manha foi bem tensa....Leia aqui.



Escrito por Deise às 12:17 PM [   ] [ envie esta mensagem ]





….minha vida esta resumida em varias esperas, decisoes suspensas, vida congelada no tempo…

e isso nao eh nada bom, eh uma tristezinha constante, nao afeta minha rotina mas meu sono...

Nao gosto de esperar, gosto de tudo para ontem.

Mas estou bem feliz com o encontro de blogueiros aqui em Toronto, vou conhecer pessoalmente pessoas por quem tenho carinho ha tempos....Grande ideia Gean!!!



Escrito por Deise às 10:02 AM [   ] [ envie esta mensagem ]





Quando comecei a estudar turismo nunca soube direito para onde o vento iria me levar. As opcoes sao realmente muitas, e dificeis de serem escolhidas. Quanto mais tempo no mercado, maior a network, melhor a experiencia, melhores as chances de se dar bem.

Nao ganharei nenhum Nobel, nao levarei tiro como guarda-costas, nao receberei  nenhum Oscar como melhor atriz. Nao ha um apice certo, um accomplishment of a lifetime como nas outras profissoes e carreiras. Nao serei a melhor de todas por nenhum momento em minha vida. Posso ser presidente de uma companhia area, administradora de uma grande Tour Operator, gerente de uma rede de hoteis, mas a cia area administrada por mim, a rede de hoteis ou a Tour Operator serao melhores apenas diante meus olhos e em meus discursos de motivacao, porque em turismo melhores sao os preferidos, e os que irao preferir minha companhia serao meu universo mas podem nao ser maioria.

Na verdade, a superioridade profissional sera sempre relativa e o melhor a fazer eh trabalhar sempre, sem esperar recompensas, mantendo seus contatos nao por obrigacao, mas pelo sabor gostoso de fazer as pessoas participarem de sua ascencao profissional (seus tutores e amigos certamente ficarao felizes e torcerao por vc)...

Nunca esperei muito de mim mesma, nao por comodidade ou falta de ambicao, mas pelo gosto de levar minha vida simplificada, sem as amarras e ditaduras sufocantes da competicao – nao quero ser formiga, meu lugar ao sol sera como gente (um dos motivos pelo qual tambem nao segui o Direito). E eh exatamente por essas razoes que o reconhecimento quando vem eh apreciado em dobro, primeiro porque nao eh buscado, segundo porque nao eh esperado. E foi assim, como uma boa surpresa, que hoje fui convidada por minha querida tutora Michelle Etherington para ser guest speaker num dos melhores institutos de turismo do Canada, International Institute of Travel. Todo bem sera sempre recompensado. 



Escrito por Deise às 2:26 PM [   ] [ envie esta mensagem ]





O que eu mais queria hoje nao eh dormir, nem beber nem comer algo diferente. Nao queria conhecer nenhum lugar novo, nem pessoas novas nem sabores, nem cores, nem nada.

Queria poder estar ali, deitada, no aconchego do meu travesseiro, nao aprendendo nem pensando nada novo. Mas tenho que ir ao shopping trocar meu celular (e nem a recompensa de voltar pra casa com um gibi da Monica eu tenho).



Escrito por Deise às 1:59 PM [   ] [ envie esta mensagem ]



 




01/07/2005 a 31/07/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004
01/02/2004 a 29/02/2004
01/01/2004 a 31/01/2004



 
 


Afrodite
Alê Félix
Alexandre Soares Silva
Ana Celia-Life in Canada
Bel
Canadiando
Filthy McNasty
Ingrid
Kakalo
Jesus me chicoteia
La Japa
Laila Comigo
Leila Eme
Leo Jaime
Liberal Libertário Libertino
Luly
Lucia
Madureiras
Marcelo Batalha
Marcelo Tas
Megeras Magérrimas
Mel-blog
Mira la qualidad
Mikix
Monique
Mundo de Aninha-Blogando com Aninha
Ninne
O cara da sopa
QzBlog
Querido Leitor
Sem Fronteiras-Aninha
Síndrome de Estocolmo
Sopa no Exilio
Vadiando


 

 

Dê uma nota para este blog